Categoria: Significado dos Nomes

Nomear alguém é uma atitude de responsabilidade. Uma decisão dos pais no início da vida é o suficiente para que aquela pessoa carregue o significado de sua principal fonte de identificação para o resto da vida, sem a possibilidade de alteração (a não ser em casos extremos de constrangimento ou mudança de sexo, por exemplo).




Os nomes podem ser somente um conjunto de letras ou carregar fortes simbologias religiosas ou culturais. Em diferentes povos ao longo da história, as tradições de dar nome aos bebês prevaleceram. No ocidente, no entanto, com a contemporaneidade, muito disso perdeu-se, dando vez a escolhas foneticamente agradáveis.

Em geral, percebe-se que no decorrer da história os nomes de homens podem ser traduzidos para versões femininas ou vice e versa. Neste caso, mantêm-se os seus significados, já em outros, há bastante particularidade de sentidos, dependendo da escolha do nome próprio.

significado dos nomes

Como se escolhe os nomes de bebês mundo a fora

No ocidente é muito comum que a escolha do nome de bebê seja a do mais bonito e que esteja de acordo com o pai e a mãe. No entanto, existem milhares de formas e tradições mundo a fora que ajudam a decidir o significado e a identificação daquele que está por nascer. Confira:

O que se espera para o futuro

Na África, a tradição é de levar em consideração aquilo que se espera para o futuro do bebê.Muitas vezes, são feitas consultas religiosas para ajudar a identificar o que a vida espera para aquela pessoae, então, se escolhe o nome que mais tem a ver com a “missão” que o bebê terá na Terra.  Para a maior parte das culturas africanas, o nome pode influenciar muito na vida da pessoa e de seus parentes – por isso tanta cautela na hora da escolha.

Circunstâncias do nascimento

A forma como a pessoa veio ao mundo é levada em consideração em diferentes culturas. No caso da Nigéria, por exemplo, a tribo Iorubánomeia as circunstâncias do nascimento como sendo o primeiro nome.Lá é comum encontrar várias pessoas com o nome Abengunde, que na tradução literal quer dizer “nascido em feriado”.  Algumas têm mais especificidades como o Dunsimi que quer dizer ” não morra antes que eu”.

Primeiras características analisadas

Em diferentes culturas, principalmente na europa oriental, dá-se o nome de acordo com as primeiras percepções em relação ao bebê. Se ele nasce rosinha, por exemplo, é muito provável que seu nome derive desta condição. Já se foi um parto difícil e resistente terá algo que remeta à força.

Elementos místicos

Para as culturas muito conectadas aos elementos do esoterismo ou elementos da natureza é comum que os nomes estejam conectadas com significados retirados destas representações. Na China, isto é comum e é um pouco por conta desta tradição que se encontra nomes chineses com significados extensos.

Por lá há, também, quem acredite que dá azar escolher o nome definitivo antes do bebê nascer. As escrituras chinesas dizem que antes de vir ao mundo o bebê pode ser chamado com nome de animal, depois da primeira semana já está liberado para colocar o nome.

Herança familiar

Se por aqui é comum que um dos nomes derivem do pai, avô e outros familiares acompanhados de Júnior ou II, na Grécia antiga isso era quase que uma lei. A tradição era bem rígida na época de modo que o primeiro filho do sexo masculino deveria herdar o nome de homem do avô paterno. Já a primeira menina deveria herdar o nome da avó materna. As demais crianças do casamento também precisavam fazer referências aos antecessores.

Inspiração religiosa

Na Itália, desde o século 13, é comum que os nomes dos bebês carreguem significados religiosos, retirados, sobretudo, da Bíblia ou da religião Católica. No Brasil, esta é uma tendência que segue,apesar de enfraquecida ao longo dos anos, mantida em muitas famílias (daí a quantidade de Marias, Josés, Pedros e Paulos por aí).

significado de nomes religiosos

O significado do nome – Como interpretar?

Ter um nome próprio quer dizer uma reputação ou autoridade. Portanto, o nome de uma mulher ou de um homem automaticamente remete às suas principais características. Não é a toa que tantas culturas usam a análise da personalidade da pessoa antes de nomear alguém.

Isso fica muito mais claro no uso dos sobrenomes que caracterizam a família. Ainda hoje, há uma herança em considerar a reputação daquela família (veja só na política, por exemplo). Algumas têm fama de posses, riquezas, ligações com a mídia, papeis relevantes e tantas outras situações que constroem um significado geral para aquele nome em especial.

Quando se trata de nomes próprios, essa relação acontece de uma maneira mais íntima. Será com aquela palavra que os outros identificarão uma pessoa a qual tem um julgamento de valor que usam para a identificação do indivíduo.

Você pode usar uma ferramenta do IBGE para conferir quantos registros tem o seu nome,qual é a incidência mais comum em que parte do Brasil e épocas ele foi mais popular. Para consultar, basta acessar a URL:

nomes de bebes

Significado do nome de meninas

Para interpretar o nome de meninas, é preciso levar em consideração a origem,história, cultura e fonética.  Para quem tem interesse em dar o nome ao bebê, vale a pena conferir os nomes mais registrados em cartórios em 2017 no Brasil:

  1. Alice;
  2. Sophia;
  3. Helena;
  4. Valentina;
  5. Laura;
  6. Isabela;
  7. Manuela;
  8. Júlia;
  9. Heloísa;
  10. Luisa

Já se você analisar num aspecto geral, o panorama muda bastante. Confira a lista que analisa os nomes de mulheres mais comuns no Brasil. Maria, por exemplo, vem à tona em primeiro lugar, com mais de 11,7 milhões de registros em cartório.

  1. Maria;
  2. Ana;
  3. Francisca;
  4. Antônia;
  5. Adriana;
  6. Juliana;
  7. Marcia;
  8. Fernanda;
  9. Patrícia;
  10. Aline.

Significado do nome de meninos

Para interpretar o significado de nomes de meninos é preciso levar em consideração a origem, a tradição e o contexto utilizado pelos pais. Às vezes, por mais que a história leve em consideração um aspecto dentro da família, pode-se usar outras situações que vão dar uma conotação completamente diferente àquele nome próprio escolhido.

Para quem vai dar nome a um bebê do sexo masculino, deve-se levar em consideração a lista dos 10 nomes mais populares registrados em cartório a partir de 2017:

  1. Miguel;
  2. Arthur;
  3. Bernardo;
  4. Heitor;
  5. Davi;
  6. Lorenzo;
  7. Théo;
  8. Pedro;
  9. Gabriel;
  10. Enzo;

Já num contexto geral, o uso de nomes masculinos é bem diferente. Tradicionalmente no Brasil, são escolhidos nomes com uma conotação religiosa, geralmente ligados a nomes de santos ou personalidades da Bíblia. Pode-se perceber isso pela incidência dos 10 mais populares, dos quais 6 aparecem nas escrituras. Confira a lista divulgada pelo IBGE em ordem de mais usados:

  1. José;
  2. João;
  3. Antônio;
  4. Francisco;
  5. Carlos;
  6. Paulo;
  7. Pedro;
  8. Lucas;
  9. Luiz;
  10. Marcos.

Os nome estão muito conectados com a cultura local e por isso mudam de acordo com cada região. Assim como no Brasil os líderes são Maria e José, nos Estados Unidos quem lidera é Emily e Michael, ou na Europa que são Lucia e Alejandro os campeões de audiência.

São tantas coisas a se considerar na hora de fazer a interpretação de um nome, mas, ainda assim, no final das contas o que vale mais para o significado é o que aquela pessoa ou família atribui. Os significados mudam de pessoa para pessoa, de cultura para cultura, são mutáveis e subjetivos.