Autoconfiança: conheça suas forças e mude sua vida da noite para o dia

Desistir de alguns projetos no meio do caminho, ou mesmo antes de ter começado, é uma ação comum para muitas pessoas ao longo da vida. A falta de autoconfiança, faz com que o indivíduo desconheça as próprias forças visto que nunca se deu a oportunidade de tentar.

A desistência constante daquilo que se deseja por medo de errar ou por se achar sem capacidade, pode ser considerado um tipo muito claro de autossabotagem.

Não conseguir sair da zona de conforto pode se tornar um grave problema, visto que a vida da pessoa é estacada e não consegue se desenvolver. Por isso, que a promoção da autoconfiança e com ela o reconhecimento das próprias capacidades, é essencial para que atingir a sua melhor versão.

autoconfiança

Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar a aumentar a autoconfiança e fazer com que a sua vida mude consideravelmente para melhor.

O primeiro passo é acreditar que é possível

O pensar positivo e induzir o sentimento de que você é capaz de alcançar o que deseja é o primeiro passo para conseguir ter sucesso. No início pode não ser muito fácil, mas insista mesmo que no começo não acredite plenamente na sua capacidade.

Insistir nos pensamentos positivistas sobre si mesmos acabam gerando também uma energia positiva em volta dos seus projetos. É claro que nem sempre é possível esquecer completamente o medo de fracassar, no entanto, é preciso enfrentar isso e seguir da mesma forma.

É como diz o ditado “Se der medo, vai com medo mesmo”.

Use o fracasso como aprendizado – Autoconfiança

Já dizia Mestre Yoda “O maior professor, o fracasso é”. Durante a jornada ao sucesso, seja na vida profissional ou pessoal, todos os grandes vencedores precisaram lidar também com o fracasso.

Apesar de muito difícil de aceitar, e em alguns casos um potencial destruidor de sonhos, o fracasso faz parte da vida em toda sua jornada. O modo como cada um decide lidar com ele é que dita o futuro de cada um.

Utilizar os aprendizados do que não deu certo, para tentar novamente de outra forma é um dos grandes segredos para mudar de vida. E nos casos da decepção ser tão grande que não se enxerga motivos para continuar, encontre pretextos para continuar trabalhando arduamente.

Fingir para si mesmo (com objetivo positivo, claro), assim como no tópico anterior, é uma ótima maneira de criar motivação do zero.

E se caso falhar de novo e realmente não quiser mais tentar, tudo bem. Só não polua outros projetos tendo apenas esse que fracassou como exemplo.

Leia também

Aprenda a se criticar com o mesmo cuidado que faria com outra pessoa

Por que será que quando nos autocriticamos, acreditamos que merecemos a crueldade com a qual falamos com nós mesmo? Ter autocrítica nos faz melhorar, crescer e prever erros, é verdade. No entanto, isso não precisa acontecer de forma excessiva muito menos com tanta rispidez.

Sempre que pensar naquilo que está fazendo de errado e o sentimento de incapacidade surgir novamente, pare para pensar como você trataria um amigo na mesma situação.

A autoconfiança está muito ligada com a empatia que nutrimos por nós mesmos. Dessa forma, é importante entender que a conquista daquilo que se deseja fica muito mais fácil quando nos tratamos de forma mais compassiva.

Comemore as suas conquistas – Autoconfiança

Ninguém sabe tão bem quanto você tudo o que foi necessário para conquistar alguma coisa. Todo o seu embate interno, o medo que precisou ser vencida, a falta de fé em si mesmo. Dessa forma, nada mais justo do que comemorar cada objetivo que for conquistado.

Não importa o quão pequeno você considere que tenha sido, sempre pense em todo o caminho que você precisou percorrer para chegar até aí.

A autoconfiança precisa de estímulos constantes para permanecer em nosso ser, e reconhecer os próprios esforços é um alto combustível para que ela continue atuando.

Como você pode ver, o alcance da autoconfiança e do conhecimento das próprias forças não acontece rapidamente. No entanto, apenas com eles é possível mudar a vida para melhor e é por isso que essa é uma jornada que merece ser percorrida.

Veja também: Wicca: Como funciona a fé? Entenda a religião das bruxas

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.