Chakra- O que é? Saiba como localizar o seu

Os chakras unem o plano consciente ou espiritual ao físico, ao visualizá-los podemos equilibrá-los e nos sentir em harmonia, tanto com o externo, com o planeta, plantas e animais, quanto com nós mesmos. Em sânscrito chakra significa círculo.

De acordo com a localização chakra, ele representa a energia em diferentes partes do corpo. É um conceito amplamente utilizado na cultura oriental e em práticas como a ioga, a meditação ou o Reiki. Esses vórtices ou chakras são sete e representam a união entre consciência ou mente e matéria ou corpo.

Desta forma, nossos egos físico, emocional, espiritual e social se unem. Os chakras absorvem energia, processam e assimilam de acordo com a frequência vibratória de cada ser humano, desencadeando uma resposta fisiológica como parte final do processo.

Para entender melhor o que são os chakras e como funcionam, é essencial acreditar que tudo é energia. Os chakras estão distribuídos por toda a coluna, do cóccix até a coroa, e quando temos consciência de sua existência, podemos trabalhar juntos em aspectos do corpo físico e do plano de consciência.

Os sete chakras

Chakra raiz ou chakra básico – cor vermelha

Esse Chakra é chamado de raiz, pois é aquele que nos conecta com a terra. Ele está localizado na base da coluna vertebral, no sacro. Está relacionado com as necessidades básicas que temos como pessoas.

Necessidades espirituais como amor, segurança e também necessidades substanciais. Esse chakra está relacionado ao funcionamento dos rins. Portanto, quando o chakra básico está desalinhado, é comum que problemas renais surjam como, por exemplo, pedra nos rins.

Chakra sexual ou chakra esplênico – cor laranja

O chacra sexual é o do prazer e está relacionado com a parte sexual de cada pessoa. Sua localização é dois dedos abaixo do umbigo. É o chakra que governa o funcionamento dos ovários e testículos.

Chakra do plexo solar – cor amarela

O chacra do plexo solar é como uma joia brilhante, está a apenas dois dedos acima do umbigo e é onde reside nossa identidade, o que buscamos da vida, nossas intenções e o que pretendemos fazer com elas.

As sensações relacionadas a esse chakra são percebidas no intestino. Por exemplo, uma prisão de ventre pode indicar uma relação estremecida nesse chakras. É claro que é preciso acompanhar também a alimentação, pois tem uma relação direta.

Chakra cardíaco – cor verde

Esse chakra está localizado no centro do peito e representa o fluxo do amor. Tem relação com a empatia, a capacidade de perdoar e a gratidão. Ele governa o funcionamento da glândula timo. Essa glândula tem função no funcionamento do sistema imunológico.

Chacra laríngeo – cor azul

O chacra laríngeo está localizado no centro da garganta e está ligado à comunicação e expressão. Sabe quando você sente um nó na garganta? Essa sensação, assim como dores comuns de garganta e cabeça têm relação com esse chakra.

Normalmente essas dores têm relação com não conseguimos encontrar uma maneira de expressar nossos sentimentos. Esse chakra têm uma relação direta com o funcionamento da glândula tireoide.

Chakra do terceiro olho – cor roxa

Esse chakra está localizado entre as sobrancelhas e representa a imaginação, a intuição e a percepção. Ele governa o funcionamento das glândulas pituitária e hipotálamo. Essas glândulas estão situadas na base do cérebro, por um pedículo que representa a ligação entre a hipófise e o sistema nervoso central.

Portanto, o chakra do terceiro olho está muito relacionado a nossa capacidade de criação, de desenvolvimento de atividades que exigem concentração, criatividade ou inteligência. Falta de criatividade, depressão e esquecimentos podem representar desequilíbrio desse chakra.

Chakra coronário – cor branca

O chakra coronário está localizado no centro da cabeça e está relacionado com a sabedoria e a iluminação, por isso, é considerado o chacra mestre. É a forma de se comunicar com o divino, com algo que transcende a experiência humana, com o universo.

Portanto esse chakra é o que estabelece a relação entre nós e o nosso divino, agindo como o portal capaz de permitir essa conexão. Desta forma, pessoas que estão realizando estudos espirituais costumam manter esse chakra bem alinhado, constantemente nutrido.

Ele governa a glândula pineal.Essa glândula tem função endócrina em nosso corpo. Ela é responsável por regular condições físicas e ciclos vitais, assim como controla as nossas emoções. Portanto têm uma relação direta com a nossa saúde física e mental.

A importância do equilíbrio dos chakras

Muito falamos sobre a importância de manter os chakras alinhados, pois é preciso compreender o corpo e a mente enquanto sistemas complexos, que tem vários pontos. A partir dessa compreensão, o equilíbrio dos chakras se torna importante, pois precisamos olhar para esses vários pontos.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.