Como energizar suas pedras e cristais – Dicas

Muitas pessoas possuem o hábito de possuírem uma série de pedras e de cristais em suas casas, sempre com o principal intuito de conseguir energizar o ambiente em que moram, se livrar das energias ruins e ainda assim, conseguir protegê-las da inveja e demais sentimentos negativos emitidos pelos demais.

Se você é uma dessas pessoas, é interessante saber que é preciso também fazer o processo de energização e de limpeza das suas pedras e cristais, por isso, veja aqui como fazer esse processo e fique por dentro.

Como energizar suas pedras e cristais?

Como energizar suas pedras e cristais?

Seja no processo de compra, de ganhar ou de até mesmo encontrar um cristal, é interessante saber que até que ele chegasse a nós, passou por uma série de mãos e até mesmo de situações.

Sendo assim, durante todo esse processo, as energias que ali passaram podem ser diferentes entre si, desestabilizando sua casa e também sua família.

Por esses e outros motivos, é interessante que você saiba como fazer o processo de limpeza dos cristais, eliminando assim qualquer tipo de energia que você não queira perto de você.

Esse processo de limpeza também precisa ser feito de maneira periódica, ou, quando sentir a necessidade, indo além do momento da obtenção da pedra.

1 – Limpando fisicamente

Quando falamos sobre a limpeza, geralmente se pensa da maneira energética, porém, é interessante fazer a limpeza física também, de modo a eliminar quaisquer tipos de sujeiras, poeiras e também bactérias.

Dessa maneira, tudo o que você precisa é de uma escovinha ou de um algodão, geralmente sendo a seco, visto que algumas pedras em específico não aceitam água.

Além disso, é sempre importante destacar que produtos químicos não devem ser usados, visto que podem interagir com os cristais e assim, deixá-los sensíveis.

2 – Água corrente natural

Conhecida como uma das maneiras mais naturais e mais simples existentes, tudo o que você precisa é ter uma fonte de água natural próxima de sua casa, colocando os cristais em um saquinho, seja de algodão ou de outros materiais, deixando-os submersos dentro da água corrente durante algum tempo.

Lembre-se de verificar se a água não está poluída ou suja.

Alguns cristais não podem ter contato com a água fluído, que no caso, são:

  • Apofilitas,
  • Pirita,
  • Bauxitas,
  • Bornita,
  • Cassiterita,
  • Enxofre,
  • Hematita,
  • Turmalina negra,
  • Galena,
  • Selenita,
  • Hematita,
  • Lápis lazuli,
  • Calcita,
  • Malaquita,
  • Howlita,
  • Turquesa,
  • Cianita.

3 – Sal grosso

Uma das outras técnicas que também é bem usada é de colocar as pedras e cristais sob água com sal grosso.

Basta colocá-las em um recipiente de vidro transparente, cobrir com água e assim, adicionar sal grosso.

A quantidade e tempo podem ser diferentes de acordo com cada forma, porém, geralmente é recomendado deixá-las entre 3 até 24 horas, adicionando algumas colheres de sal grosso conforme o tempo passa, variando principalmente da quantidade de água ali presente.

Muitas pessoas fazem o uso do sal marinho, porém, há quem diga que essas partículas menores costumam agredir os minerais, sendo assim, indicado o sal grosso.

Depois de fazer a imersão, procure lavar bem as pedras e cristais em água corrente, deixando secar sob a luz do sol ou da lua.

Os cristais permitidos nesse processo, são:

  • Quartzo,
  • Ametista,
  • Citrino,
  • Quartzo rosa,
  • Quartzo esfumaçado,
  • Jaspe,
  • Ágata,
  • Calcedônia,
  • Cornalina,
  • Aventurina,
  • Ônix.

Já as pedras que não podem passar nesse processo e nem irem para a água, são:

  • Halita,
  • Selenito,
  • Gesso,
  • Rosa do deserto,
  • Aqua aura quartzo (tratado),
  • Âmbar,
  • Azurita,
  • Topázio,
  • Pedra da lua,
  • Opala,
  • Selenita,
  • Coral vermelho e crisopázio,
  • Crisocola.

4 – Sal grosso à seco

Para aqueles cristais que não podem ter contato direto com a água, a limpeza mais indicada é com sal grosso de maneira seca, sendo a mais ideal.

Basta pegar um recipiente, fazer uma camada de sal grosso e assim, colocar os cristais por cima dessa base. Deixe por duas horas ou pelo tempo em que achar necessário.

5 – Usando outros cristais

Outro método indicado para cristais que não podem ter contato com água, é por meio da limpeza com drusa ou selenita.

Você só precisa colocar o cristal por cima e assim, deixar por duas horas ali.

Agora que você já sabe como funciona o processo de limpeza para higienizar suas pedras e cristais, não deixe de praticar esse processo o quanto antes e sentir todos os benefícios únicos.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.