Como saber se alguém é um bom ou mal amigo?

A amizade é considerada uma das mais belas relações na vida do ser humano. Afinal, amigo é aquele que nós escolhemos para andar lado a lado nos momentos mais incríveis e também difíceis das nossas vidas. Se você possui o tesouro da amizade, então é seu dever mantê-lo com você e nunca perdê-lo. É claro que brigas ou discussões acontecem e podem quebrar relacionamentos, mas amigos de verdade conseguem passar pelos desentendimentos mais dolorosos.

Um bom amigo sempre vai permitir que você seja quem você é, enquanto um amigo falso sempre tentará criar uma imagem sua que não lhe representa, forçando suas atitudes. Um bom amigo sempre pode ser honesto com você, por isso, um bom amigo apontará seus pontos fortes e erros e não hesitará em ajudá-lo a se livrar dos seus problemas.

Amigos verdadeiros são aqueles que estarão sempre ao seu lado independentemente das situações. São aqueles amigos que quer seja um momento de felicidade ou tristeza, ele estará segurando sua mão. Na verdade, em momentos e situações felizes, você fará muitos amigos, mas nos momentos mais difíceis, você encontrará poucos amigos que estarão ao seu lado.

Se você considera alguém um amigo e ela sai do seu lado, então essa pessoa nunca foi seu amigo. Portanto, se você acha que perdeu um amigo, então você só precisa reunir coragem e deixar sua vida continuar, assim como nos relacionamentos.

Como perceber amizades falsas

Existem vários indícios que podem mostrar como algumas amizades são falsas, se atente aos sinais:

  • Te põe para baixo: a pessoa ao invés de comemorar suas conquistas, te coloca para baixo com comentários, como por exemplo, de que o seu novo emprego “nem é tão bom assim” ou então coloca algum empecilho como a distância como algo negativo a frente das coisas positivas. Esse tipo de comentário também pode vir em situações mais cotidianas como comentários negativos sobre as suas roupas e forma de falar.
  • Muda na presença de outras pessoas: algumas amizades falsas mudam o comportamento com seus “amigos” diante de outras pessoas. Essa mudança pode vir em comentários de mal gosto ou então em comentários que se sobressaiam aos seus de alguma forma.
  • Te exclui em alguns momentos: algumas pessoas são seletivas propositalmente e escolhem em quais locais ou festas irão te convidar com comentário dos tipo “aquele lugar não é para você”.
  • Some na hora da ajuda: algumas pessoas chegam até a se mostrarem solícitas, mas na hora da ajuda em si, sempre dão pra trás com justificativas que vão desde um imprevisto familiar até uma dor repentina. É claro que imprevistos e dores podem acontecer, mas perceba se este comportamento não é recorrente.
  • Apoio: muitas vezes acreditamos que estamos cercados de amigos, mas na hora que algo realmente difícil acontece em nossas vidas acabamos nos enxergando sozinhos. Amigos de verdade são aqueles que sabem que você está passando por algum problema e vêm até você perguntar como você está.

Desfazendo amizades

Normalmente temos um pouco mais de prática em desfazes relacionamentos amorosos, mas é importante que a gente tenha a cabeça aberta e entenda que todas as nossas relações podem chegar a um ponto que não são mais saudáveis, isso vale tanto para relacionamentos amorosos, como para relacionamentos de amizade e também familiares. A partir do momento que você enxergar que aquela relação é tóxica ou que está te fazendo mal de alguma forma, é o momento de tomar uma atitude e cortar o laço.

A forma mais fácil de fazer isso é tendo uma conversa franca, aberta e muito clara. Por exemplo, se você for cortar a relação, deixe isso bem claro, pois é comum em relações que não estão dando certo, que a outra pessoa não aceite este fim e insista em tentativas. Por isso, expresse seus limites.

Tipo de amizade

Outra coisa muito importante é pensarmos que cada pessoa é única, com características, gostos e também vivências únicas, portanto, nossos amigo serão totalmente diferentes um dos outros e isso é ótimo! Mas é preciso ter uma leitura clara desta situação. Por exemplo, se você já percebeu que determinada pessoa não casou muito com o seu estilo de viagem, então porque insistir em viajar em conjunto?

Saiba ler quais são seus amigos legais para viajar, quais são seus amigos legais para trabalhar, quais são seus amigos legais para curtir uma balada, quais são seus amigos legais para fazer um almoço e assim por diante. Desta forma você não irá se frustrar em amizades que não correspondem tão bem com o seu jeito de fazer determinada coisa.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.