Publicidade

Os dramas mais comuns do signo de Escorpião: veja aqui!

Tem signo que foge de drama o quanto pode e, por outro lado, tem sigo que corre atrás de um drama. Um desses signos é o signo de Escorpião, pois o oitavo signo do Zodíaco é o mais intenso, como contam alguns especialistas. Portanto, vamos ver quais são os dramas mais comuns do signo de Escorpião.

Publicidade

Os dramas mais comuns do signo de Escorpião: o drama da intensidade

Publicidade

Quem é do signo de Escorpião tende a ser misterioso. Isso porque os nativos desse signo demoram bastante para se abrir com alguém e, mesmo assim, não se abrem por completo. Dessa forma, mesmo que tenha uma relação de longa data com alguém, esse nativo ainda é desconfiado.

Publicidade

Publicidade

Pensando nessa e em outras características, vamos ver quais são os dramas mais comuns do signo de Escorpião: o drama da intensidade.

Guardar rancor à toa

Quem é do signo de Escorpião é muito intenso. Sendo assim, cada acontecimento, seja ele bom ou ruim, grande ou pequeno, pode resultar em impactos imensos no dia a dia do nativo desse signo.

Publicidade

Publicidade

Ou seja, se alguém faz uma maldade, por menor que seja (e ainda que sem intenção), o escorpiano sente uma dor profunda. Às vezes, inclusive, pode nem admitir, mas é fato que ele sente.

Sendo assim, quem é do signo de Escorpião tende a guardar mágoas à toa. Ainda por cima, sem falar o que o machuca, o que, mais tarde, pode vir em grande explosão. Até porque, ver esse signo explodir também não é nenhuma raridade.

Aliás, para se ter uma ideia, a explosão é tão feia que a outra pessoa tende a ficar confusa. Afinal, é uma chateação atrás da outra que o nativo revela, tudo de uma vez.

Portanto, vez ou outra, ver um nativo do signo de Escorpião surtar por coisa pequena sequer pode ser uma surpresa. Mas, pelo menos, o nativo bota para fora o que está sentindo — ou, melhor, guardando e consumindo. A boa notícia, então, é que, depois que a dramatização cessa, ele se sente mais leve e tudo se tranquiliza novamente.Os dramas mais comuns do signo de Escorpião

Sentir que está ficando de lado

Em geral, quando o nativo do signo de Escorpião decide se abrir com alguém, é porque esse nativo confia bastante nessa pessoa. Aliás, deposita sentimentos (intensos) sobre essa pessoa.

Publicidade

Publicidade

Quando isso acontece, tem a possibilidade de ele querer compartilhar tudo (que sente vontade de compartilhar) com essa pessoa. No meio disso, acaba por esperar que a outra parte faça o mesmo. Mas, se isso não acontece, o bicho pega.

Afinal, é mesmo um signo que se apaixona de maneira muito intensa pelas pessoas, independente do tipo de relacionamento. Por conta disso, pode ser que esse nativo cobre o que, às vezes, possa não fazer sentido para a outra parte.

No fim das contas, há chances de acabar em briga, pois o escorpiano se sente de lado, quando vê que não recebe a prioridade que dá a alguém. Portanto, é preciso saber lidar com a intensidade escorpiana e, na medida do possível, corresponder a ela.

Da intensidade à paranoia

Ainda, aqueles que pertencem ao signo de Escorpião costumam ser intensos a ponto de criar paranoias. Ou seja, quando surge uma questão, o nativo tende a pensar nela além do necessário.

Assim, a tendência é que uma questão simples se transforme em uma sucessão de possibilidades, das previsíveis às mais improváveis — e consideráveis paranoias.

Publicidade

Publicidade

Isso porque, além de pensar demais em um assunto, quem é do oitavo signo do Zodíaco não consegue ter limites, muito menos na hora de criar coisas. Não é em vão, inclusive, que esse signo tem o título de “frio e calculista”: é fato que quem pertence a esse signo pensa demais sobre os fatos e tende a ir muito além do que é real.

Por conta disso, não é raro ver nativos do signo de Escorpião criando mil e uma teorias sobre aquilo que o cerca, ou até mesmo daquilo que vê em jornais ou livros. Sendo assim, para quem se relaciona com esse signo, às vezes é interessante tomar cuidado para não cair em paranoia junto com ele. Até porque, muitas vezes, é a fértil imaginação cantando.

Elouise Lopes
Redatora da WebGo Content. Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e Marketing Digital.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.