Publicidade

Melhores incensos para purificar a casa

O incenso é uma prática de meditação muito antiga e hoje em dia está presente em diversas culturas e práticas. Historicamente o seu surgimento é indefinido, mas para termos uma ideia de quão antiga é a prática, no nascimento de Jesus, um dos três reis magos levou um incenso de presente.

Publicidade

Publicidade

Enquanto outro levou ouro e outro a mirra. Esses três elementos foram considerados de algum forma sagrados desde então. Isso porque os incensos que hoje em dia são muito comuns, não era um conhecimento compartilhado com qualquer pessoa.

Publicidade

Publicidade

Como sempre tiveram relação com a espiritualidade, o acesso ao conhecimento de fazer um incenso vem muito de uma conexão espiritual que foi sendo repassado conforme os anos. Portanto, no início, havia poucos incensos, o que os tornaram verdadeiros presentes requintados e muito raros.

Por ser uma técnica milenar, diversos conhecimentos foram sendo atribuídos à feitura dos incensos. Um desses conhecimentos é o das plantas, é preciso saber qual é o poder de atuação energética de cada planta para entender como aquele incenso vai agir no ambiente e também em nós mesmos.

Publicidade

Publicidade

Por exemplo, cheiros como a canela, o gengibre e o alecrim são estimulantes e, portanto, são indicados para serem usados quando precisamos fazer uma atividade e ter foco. Já aromas como a lavanda e a camomila são relaxantes e, portanto, muito indicadas para serem usadas antes de dormir.

Outra característica das plantas é em relação ao equilíbrio das energias. Isso porque as plantas têm a habilidade de limpar, bloquear ou preencher ambientes com energias. Por exemplo, pense em árvores com belas flores rosas e brancas, elas preenchem o ambiente com energias positivas.

No mundo dos incensos, os mais indicados para purificar as energias são: arruda, mirra e patchuli. Essas plantas são extremamente poderosas para limpar as energias negativas e deixar o campo limpo para ser preenchido pelas energias positivas.

Como purificar ambientes?

Os incensos são aliados na missão de purificar os ambientes. Procure queimá-los de uma forma que a fumaça fique dentro dos ambientes. Ou seja, não adianta colocá-lo queimar do lado de uma janela que leva toda a sua fumaça.

Caso você não goste de incensos muito fortes, tudo bem queimá-los dessa forma. Mas se você estiver com a intenção de purificar o ambiente, é imprescindível que a fumaça percorra todo o cômodo. Isso porque a fumaça, ou seja, a defumação, é vetor para esta limpeza.

Publicidade

Publicidade

Mesmo que você não tenha nenhuma iniciação ou algo semelhante, é importante que você mentalize quais são as suas intenções ao acender e passar o incenso por todo o cômodo ou por toda a casa. Vá fazendo isso pensando que todas a energias negativas estão sendo deixadas para trás.

As plantas são excelentes aliadas

Para purificar o ambiente algumas opções de plantas são espadas de Ogum (ou São Jorge), Espada de Cristo, Arruda e Pimentas. Todas essas plantas transformam as energias negativas e pesadas da sua casa em energias mais leves.

Cada uma dela requer alguns cuidados especiais, mas no geral elas são plantas que se adaptam muito bem, com exceção das pimentas, pois elas são plantas que precisam de muito sol e calor para vingar e continuar vivas.

Já as demais são plantas de fácil cultivo, que podem compor apartamentos e espaços que não pegam sol o dia inteiro. Inclusive são plantas que precisam de pouca água. Ao contrário das pimentas, que gostam de uma rega constante.

É possível manter energias positivas?

Incenso

A resposta é sim! Mas antes precisamos pensar que a vida é como um pêndulo, que vai constantemente de um lado a outro, com situações positivas e negativas, altos e baixos. Então situações boas ou ruins não significam necessariamente que você está com uma energia negativa/positiva.

Publicidade

Publicidade

Essa estabilidade energética deve ser vista muito mais como uma energia sua para lidar com essas situações que vão se diferenciando ao longo da vida. Portanto, este tão sonhado equilíbrio deve ser pensado de uma forma mais íntima do que controladora.

Esta ideia de controle no sentido de querer garantir que todas as situações vividas sejam positivas é uma ilusão diante do potencial que temos em lidar com a forma que iremos reagir diante de cada uma das situações vividas.

Ou seja, todas essas práticas são formas de fortalecer e nutrir a nossa sensibilidade para agir em cada uma das situações compreendendo que passamos por muitas situações que simplesmente não temos como controlar.

Além disso, entenda quais são as suas necessidades pessoais, se conheça, descubra de que forma você precisa nutrir seus propósitos e clareza diante do dia a dia.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.