Publicidade

Minimalismo: 7 Motivos para se tornar uma pessoa minimalista

Talvez você já tenha ouvido falar no minimalismo, mas é provável que você acredite que essa prática tem a ver apenas com uma decoração mais clean ou mesmo com um guarda-roupas mais enxuto. Bom, ele com certeza também é isso, mas não APENAS isso.

Publicidade

Publicidade

O minimalismo, que foi iniciado como um movimento artístico, acredita que a eliminação de todo e qualquer excesso na vida faz com que o indivíduo se conheça e se perceba como ele realmente é. O conceito básico é o de viver com menos, manter na própria vida apenas aquilo que é essencial, tanto no sentido material quanto imaterial.

Publicidade

Publicidade

Por exemplo, um praticante do minimalismo além de simplificar os objetos que tem em casa, também opta por diminuir sua carga de atividades diárias. Dessa forma, ele abre mão daquilo que talvez só seja feito por imposição de alguém, ou que já não faz mais tanto sentido em sua vida atual.

minimalismo

Em suma, o minimalismo pretende trazer a pessoa uma libertação daquilo que talvez o prenda a uma realidade pouco satisfatória. O excesso de compras, de trabalho, de coisas materiais que só estão ali com o objetivo de preencher um vazio interior.

Publicidade

Publicidade

Se a ideia te parece interessante, leia a seguir 7 motivos para adotar o minimalismo na sua vida.

1 – Você começa a se conhecer melhor – Minimalismo

O excesso de coisas que temos e fazemos pode nublar a percepção que temos de nós mesmos, isso porque essas coisas podem funcionar como uma maquiagem sobre aquilo que somos.

Por exemplo, pode ser muito mais fácil comprar uma roupa nova com o intuito de se distrair de um sentimento ruim, do que propriamente lidar e entender o porquê desse sentimento.

Ao eliminar os excessos, eliminamos também preocupações e distrações externas. Com isso, temos mais chances de finalmente, lidar conosco mesmos, entendendo nossas emoções e aquilo que nos faz mal ou bem.

2 – Suas decisões são tomadas com mais assertividade e rapidez

Com menos opções as decisões acabam se tornando mais fácil. Ao eliminar os excessos, o que permanece é apenas aquilo que realmente gostamos ou que importa. Além disso, com o autoconhecimento apurado, sabe se melhor aquilo que agrada e que cabe na própria vida.

Publicidade

Publicidade

Dessa forma, seja a decisão pelo que vestir ou por um novo emprego, sabendo aquilo que tem mais a ver com o que você procura você escolhe com menos chances de errar e de forma mais rápida.

Leia também

3 – Você já não precisa tanto assim de dinheiro

Menos coisas a serem compradas também significa menos dinheiro a ser gasto. Dessa forma, você já não precisa se sacrificar tanto com trabalhos pouco satisfatórios apenas porque pagam melhor.

Você pode se permitir encontrar algo que realmente goste, ou que demande menos horas por dia, já que agora o excesso de dinheiro para gastos desnecessários já não é mais preciso.

4 – Um estilo próprio e assertivo – Minimalismo

Menos roupas, menos opções ruins. Ao realizar aquela limpa no guarda roupas e mantendo apenas as peças que realmente te agradam e combinam entre si, as chances de errar na hora de se vestir são menores.

Publicidade

Publicidade

Da mesma forma, com menos opções, a criatividade é aguçada já que é preciso pensar em mais combinações com as mesmas peças de roupas, tornando o seu estilo único.

5 – Você aprende a realmente ver as pessoas ao seu redor

Sem a interferência do interesse por aquilo que pode mascarar e ludibriar, se torna mais fácil “ver” realmente as pessoas ao redor. Entender os sentimentos e intenções do outro de verdade, além de aumentar a empatia, também pode fazer com que seja mais fácil identificar aquelas pessoas que não estão com boas intenções.

Dessa forma, a eliminação dos excessos daquilo que não agrega e que faz mal, também chega ao campo das pessoas. Pode se tornar mais fácil se afastar daquele “amigo da onça” ou mesmo de um relacionamento abusivo, já que você entende que a mágoa representa um sentimento que não cabe mais na sua vida.

6 – Menos estresse – Minimalismo

A organização proporcionada pelo minimalismo traz uma paz de espírito indescritível. A ordem tem o poder de acalmar e relaxar a mente, diminuindo até mesmo os sintomas de ansiedade para quem sofre desse mal.

Dessa forma, manter a organização de poucas coisas se torna muito mais fácil e como recompensa, o tempo livre para fazer o que realmente se aprecia também ajuda a manter um estado de espírito mais centrado, feliz e sem estresse.

7 – As coisas simples ganham muito mais importância

Publicidade

Publicidade

Ao se libertar da necessidade das coisas “pomposas” aquilo que é simples ganha uma nova importância. Seja uma beleza natural, ou um momento que antes passaria batido.

A capacidade sensorial do minimalista é muito maior, assim como as emoções são mais potentes.

Veja também: 7 sinais de que você precisa mudar a sua relação com seu corpo

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.