Mulher deixou a porta do carro aberta e teve uma surpresa: confira!

Você provavelmente já teve uma experiência como essa: sair por aí e dar de cara com aquele pet que te ama incondicionalmente. Às vezes nem é seu. Mas nem isso o impede de amar você a ponto de fazer uma surpresinha, como aconteceu com essa mulher que deixou a porta do carro aberta.

Visita na garagem

Na primeira semana do ano, Michelle Hennessey teve uma surpresa dessas ao deixar a porta do carro aberta.

A norte americana deixou a porta do carro aberta para ventilar a parte interna do veículo e, enquanto esfregava os pratos de água de seus papagaios e enchia suas tigelas de comida, ouviu um barulho estranho advindo do seu carro.

E, é claro, ela foi checar o que estava acontecendo ali. Mas, confiante de que seus vizinhos sequer estavam em casa, se surpreendeu com o que encontrou: uma cadelinha, abanando o rabo, querendo sua atenção.

A criminosa era Molly, a cadela que mora com seus vizinhos, a poucos metros de sua casa.

Molly no banco de trás, depois de a mulher deixar a porta aberta
Foto: Michelle Hennessey/Arquivo pessoal

A mulher conta que tudo aconteceu muito depressa. Ela pretendia alimentar seus papagaios, pegar o carro e ir trabalhar. Então se deparou com a visita.

Michelle admite que achou hilária a forma como Molly olhou para ela e abanou o rabo. “Ela deve ter visto a porta aberta e decidiu que queria dar um passeio”, disse a mulher.

Molly no banco da frente
Foto: Michelle Hennessey/Arquivo pessoal

Quando finalmente saiu do carro, Hennessey prometeu a ela que iria lhe fazer uma visita naquela semana. Só depois disso Michelle conseguiu seguir para seu trabalho sossegada.

Molly na grama
Foto: Michelle Hennessey/Arquivo pessoal

O amor de Molly por Michelle

A verdade é que Molly sabe o quanto Michelle gosta de animais. Inclusive, Michelle admite ficar muito satisfeita em dar a atenção e o carinho que ela pede.

Além disso, a norte americana conta que Molly sempre pede massagens na barriga.

Aparentemente, a cadela adora seus donos, mas tem um carinho especial pela vizinha. Aliás, é muito comum Molly ir dar um “oi” para ela, quando a ouve falar com seus papagaios.

A mulher deixou a porta do carro aberta várias vezes e a surpresa já não era novidade. Portanto, tomara que a tentativa de passeio de Molly dê certo em algum momento, né? Afinal de contas, ela merece.

Benefícios de se ter um cão por perto

Apesar de a cadela Molly não pertencer a Michelle Hennessey, é evidente que elas têm uma ligação especial. Não obstante, os cães fazem parte de nossas vidas para nos ensinar, diariamente, que o que conta na vida é a simplicidade e o amor.

Afinal, pouco importa para eles se há pouca ou muita comida. O que importa de verdade é se você vai dar o amor ou o carinho que desejam de você.

A conexão com eles quase não pode ser descrita. Até mesmo porque essa é uma amizade que nasce e fica para sempre. É a prova do amor incondicional e de que você nunca mais vai estar sozinho.

Inclusive, é difícil mensurar o quanto os cães são capazes de fazer uma pessoa feliz, assim como é difícil mensurar o quanto um humano consegue fazer um cachorro feliz.

A missão espiritual dos cães em nossa vida

Você sabia que os cães possuem poderes?

Segundo o espiritualismo, algumas vertentes reconhecem que eles absorvem energias do ambiente e das pessoas ao redor. Aliás, quando estão tristes ou desmotivados, é porque certamente estão sobrecarregados.

Para ajudá-los, você só precisa dar bastante água, deixar em contato com plantas e tudo que seja natural.

Além do mais, para alguns espíritas, quando esses seres compartilham uma conexão muito intensa e verdadeira com seus donos, é muito provável que retornem para eles. Portanto, voltam no corpo de um cão recém-nascido.

Porém, independente da crença e da opinião de todos, não se pode negar que os cães tornam a vida muito melhor e levam a gente para boas direções. O impacto é verdadeiro! Aliás, bem se vê que Michelle começou o ano com uma boa sorte.

Elouise Lopes
Redatora da WebGo Content. Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e Marketing Digital.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.