Publicidade

Nanã – Significado e História

Também conhecida como “mãe” ou “avó” Nanã é uma orixá que está presente desde o começo da humanidade, ela inclusive vivenciou toda esta criação e momento mágico de origem do universo. É considerada a rainha da lama e consolidou como uma das mais respeitadas e temidas entidades.

Publicidade

Publicidade

Esse temor vem da sua função enquanto responsável pela limpeza dos espíritos no portal existente entre a morte e a vida. Esta limpeza é feita no sentido de aliviar o peso do sofrimento daqueles que cumpriram sua jornada.

Publicidade

Publicidade

A lama também relação com esta passagem de vida e morte, visto que Oxalá ao criá-la a partir da terra, falou que seu único pedido era que todos que viessem da terra para ela voltasse, assim é considerada também mãe daqueles que nascem da terra.

Diversas Nanã

Existem diversas qualidades em que Nanã é representada:

nanã
  • Nanã Bukuru: sehora da terra e dos bens materieias, é uma Orixá descendente de Abomey, tem relação com o pântano e carega consigo um ibiri azul.
  • Nanã Adjaoci: é guerreira, agressiva e descendente de Ifé. Tem relação com as águas doces e suas vestes são de tonalidades de azul.
  • Nanã Ajapá: defensora da mala, tem relação com a terra, com a morte e este estado de lama que a morte pode apresentar. É racional e protetora daqueles que estão enfermos.
  • Nanã Abenegi: é mãe de Ibá Odu, cabaça que traz Oxumaré, Oxossi, Olodé e Oya.
  • Nanã Obaia: tem relação com cristais, normalmente usa roupas lilás. Tem relação com a lama e também com a água.
  • Nanã Ybain: é considerada a mais temida de todas, usa roupas vermelhas. Parra chamá-la, é preciso bater com os seus otás. É considerada a Orixá da cura da varíola.
  • Nanã Xalá: tem relação com Oxalá, sua cor é branca.
  • Nanã Savé: é uma profetiza muito potente, usa uma coroa de búzios e tem vestimentas azuis e brancas.
  • Nanã Oporá: tem relação com a terra, é forte e muito agressiva. Está sempre coberta de òsun vermelho.
  • Nanã Omilaré: tem uma relação profunda com Oxalá e é considerada a mais velha Nanã. Sua relação é com o pântano e com o fogo. É a verdadeira mãe de Omolu, o orixá das enfermidades, solicitado sempre que precisamos de forças na área da saúde.

Oferendas para Nanã

Publicidade

Publicidade

Primeiramente é importante lembrar que uma oferenda deve ser orientada por alguém que tem ligação com o Candomblé ou a Umbanda, pois cada Oxirá tem as suas peculiaridades e formas de se conectar com as pessoas neste plano.

Por conta de uma desventura que Nanã teve com Ogum, nenhuma das oferendas servidas à ela devem ser cortadas com metal. As principais oferendas para ela são pirão com batata roxa, jaca e sarapatel.

O sarapatel para Nanã deve ter os miúdos de porco limpos, temperados com uma boa quantidade de limão, então devem ser cozidos em fogo brando. Prepare o tempero com salsa, limão, coentro e muita pimenta. Também pode colocar cebolinha e louro. Misture tudo.

O dia de comemorar Nanã é 26 de julho, junto com Santa Ana. As principais cores deste orixá são: anil, lilás, azul e branco. Terça-feira é o melhor dia para honrar e fazer oferendas para ela.

Característica dos filhos de Nanã

Normalmente as pessoas que são filhas dela, independente da qualidade, são pessoas muito empáticas e extremamente pacientes. Inclusive, muitas pessoas podem até se irritar com esse jeito calmo e paciente dos filhos de Nanã.

Publicidade

Publicidade

Têm uma relação forte com as crianças e também com os animais, além de normalmente serem excelentes cozinheiras, fazendo alimentos com muito zelo e doçura. Só são capazes de agir desta forma porque vivem como se a morte fosse uma assunto resolvido.

Ou seja, sabe aquela ansiedade de “morrer sem ter feito nada”? Os filhos de Nanã não têm essa ansiedade e entendem que a melhor forma de passar pelo mundo é realmente aproveitando a passagem e todos os momentos que estão vivendo com amor, afeto e comida boa.

Por outro lado, podem ser pessoas um tanto apegas ao passado, com vários momentos de recordação e de tentativas de reviver coisas que já ficaram no passado. Diante de um certo saudosismo, são pessoas que costumam demorar para resolver suas questões.

Ou seja, pressa realmente não faz parte do seu vocabulário, pois quanto mais pressionadas, maior será o tempo dedicado a resolver a questão. Elas não tem medo de pedir prazo e de falar que não têm uma resposta para o momento.

Na área da saúde, seus filhos precisam ter cuidado com dores na lombar e nos ombros, como se já tivessem trabalhado por muitos anos na sua vida.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.