Publicidade

Santa Helena – Quem foi? História e Orações

Conhecida como a mãe do imperador romano, Constantino Magno, ela nasceu em Roma, sendo de família de plebeus, casando posteriormente com um militar chamado Constâncio Cloro.

Publicidade

Publicidade

Assim, nasceu Constantino em 285, conhecido por ser o futuro imperador romano e cristão. Veja mais abaixo sobre a história de Santa Helena e fique por dentro.

Publicidade

Criação de Constantino

Santa Helena - Quem foi? História e Orações
Publicidade

O imperador Maximiano, queria realizar uma união com Constâncio Cloro para assim, firmar o governo Romano, porém, a condição era de que deixasse Helena e dessa forma, se casasse com Teodora, que era parente do imperador.

Santa Helena continuou cuidando da educação de seu filho, estabelecendo dessa forma, uma relação forte com o mesmo.

Publicidade

Publicidade

Após a morte de Cloro, Constantino, Magno foi nomeado como Augusto Imperador Romano, no ano de 206, quando venceu uma batalha na região de York, na atual Inglaterra.

Dessa forma, Helena voltou a morar na corte e recebeu de seu filho o título de “Mulher Nobilíssima”, além a nomeação de Augusta posteriormente.

Ajuda na liberdade aos cristãos

Durante a batalha de Constantino contra Maxêncio, enquanto o segundo ganhava a guerra, Constatino, que era contra a perseguição dos cristãos, teve uma visão, onde uma cruz brilhava nos céus, acompanhada da escrita de “Com este sinal vence­rás”.

Esse então, pediu que as bandeiras fossem pintadas, assim como os estandartes de seu exército com a cruz, vencendo então a luta.

Isso gerou a conversão de Constatino e de Helena para a religião, fazendo com que o Imperador ordenasse o fim das perseguições contra os cristãos por meio do documento “Edito de Milão”, em 313.

Publicidade

Publicidade

Após disso, o cristianismo se tornou a religião oficial do Império Romano.

Como Helena se converteu

Do contrário de seu filho, que acabou se batizando somente perto de seu leito de morte, Helena assumiu a fé cristã logo depois da batalha de Maxêncio.

Tudo isso era possível ver na construção de várias igrejas e em lugares santos, comandados pela mesma.

Ativa na prática da fé

Santa Helena - Quem foi? História e Orações

Assim, Santa Helena se mostrou uma grande seguidora do cristianismo, com várias demonstrações de piedade ao longo de sua vida.

Magno mandou cunhar algumas moedas com a imagem de sua mãe, visto que ela dedicou seus feitos para proteger a fé cristã com muito fervor.

Publicidade

Publicidade

O seu maior desejo era de conseguir visitar a Terra Santa, realizando seu sonho e assim, mandando construir várias igrejas dentro da Palestina.

Grande interesse pela arqueologia

Ela também acompanhou várias escavações em Jerusalém pelo bispo conhecido como São Macário, onde encontrou o Santo Sepulcro na rocha, a cruz de Jesus e duas cruzes dos ladrões.

Depois disso, ordenou que procurassem pela gruta de onde Jesus teria nascido, assim como o local no Monte das Oliveiras, local do qual teria falado com seus discípulos antes da ascensão.

Após isso, Santa Helena se dedicou na construção de demais templos, sendo que um deles está localizado no Monte das Oliveiras, sendo posteriormente batizado de Santa Helena.

Depois de ter vivenciado algumas visões, Santa Helena encontrou a verdadeira Cruz de Cristo, sendo que esse acontecimento levou que a instituição realizasse a festa litúrgica da Santa Cruz.

Publicidade

Publicidade

Essa descoberta está confirmada pelos escritores Sulpicius Severus e Rufinus, em relatórios do século IV.

Alguns pedaços de Cruz ficarem em Jerusalém, enquanto outros foram levados para Roma. Vários desses pedacinhos foram distribuídos em muitas igrejas, isso porque o sonho de Santa Helena era de que todos pudessem ter um fragmento de Cristo.

Cuidado com os necessitados

Santa Helena costumava visitar várias igrejas, realizando muitas doações. Ela construiu a Basílica da Natividade em Belém, que até hoje continue firme, assim como a Basílica da Ascenção de Jesus, localizada no Monte das Oliveiras.

Além disso, ajudou na construção de vários mosteiros, vivendo em um localizado na Palestina, sempre com ação ativa em todos os exercícios da fé.

Devoção para Santa Helena

Ela voltou para perto de seu filho um pouco antes de sua morte, falecendo em 330, com 80 anos.

Publicidade

Publicidade

Seu corpo foi enviado para Constantinopla, colocado na cripta dos apóstolos. Posteriormente, seus restos mortais foram enviados para a Abadia de Hautvillers, localizada na França, em 849.

Atualmente, seus restos mortais estão em Roma, no Vaticano, sendo reverenciada logo após sua morte.

Há uma ilha localizada no Oceano Atlântico, da qual possui o nome de “Santa Helena”, visto que os espanhóis a descobriram no dia da festa da mesma, mais precisamente em 18 de agosto de 1501.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.