Publicidade

São Camilo – Quem foi? História e orações: veja aqui!

As figuras que tocaram o coração de outras pessoas com seu amor e devoção a Deus jamais são esquecidas. Afinal, a Igreja as reconhece e faz questão de homenagear seus feitos, repletos de fé, em vida. No dia 14 de julho, a Igreja lembra de São Camilo de Léllis. Confira, pois, quem foi este santo, sua história e quais orações fazer para ele.

Publicidade

Quem foi São Camilo?

Publicidade

Um religioso de origem italiana é lembrado pela Igreja por ajudar e amar enfermos, após uma juventude bastante conturbada. Tocado pelo amor de Deus, o amor cristão, ingressou na Ordem Franciscana, onde cuidou de doentes e os levou à conversão. Assim, tornou-se fundador da congregação dos Camilianos.

Publicidade

Publicidade

São Camilo, diante disso, é considerado o padroeiro dos enfermeiros, dos doentes e dos hospitais. Também, São Camilo é protetor contra os vícios de jogos.

História de São CamiloSão Camilo - Quem foi?

Nascido em Bucchianico, na Itália, em 25 de maio de 1550, Camilo de Léllis era filho de militar e uma mãe muito devota. Inclusive, o nascimento do jovem era tido como um milagre, visto que a mãe engravidou em idade avançada.

Publicidade

Publicidade

Assim, a mãe de Camilo, Camila Compelli, tinha quase 60 anos. O parto, portanto, foi difícil, mas o menino nasceu saudável.

O pai de Camilo, João de Léllis, era militar e não tinha paradeiro fixo. Em vista disso, Camila criou o filho e educou na religião, na moral e nos bons costumes. Porém, quando Camilo tinha 13 anos, sua mãe faleceu.

Nessa época, Camilo se tornou rebelde e passou a detestar os estudos. Foi quando teve de ir morar com o pai que, por sua vez, era viciado em jogo e perdia tudo para os jogos de azar, tendo sempre de trocar de quartel.

Camilo, então, se alistou aos 14 anos, como o pai, que mesmo naquelas condições queria ajudá-lo, e começou a trabalhar como soldado. Porém, com a baixa escolaridade, nunca subiu de cargo.

Quando tinha 19 anos, Camilo perdeu seu pai. A partir disso, sua vida se tornou ainda mais difícil, pois se entregou de cabeça aos vícios do mundo, inclusive ao vício em jogo, como herança do pai, e também perdia tudo nos jogos. Sem falar que Camilo era um rapaz violento, e se fazia conhecido por isso.

Rumo à transformação

Publicidade

Publicidade

Em 1570, um frade franciscano, mesmo diante da fama de violento, resolveu conversar com Camilo. Depois dessa conversa, que tocou o rapaz, Camilo quis entrar para a Ordem dos Franciscanos.

Mas o pedido foi negado, visto que ele tinha uma ferida imensa em seu pé. Assim, os franciscanos o enviaram para receber tratamento no hospital de São Tiago, em Roma.

O diagnóstico, porém, foi de um câncer incurável. Assim, pela falta de dinheiro para pagar o tratamento, Camilo procurou trabalhar como servente, o que não se estendeu, já que o rapaz, outra vez, se entregou ao vício no jogo e foi demitido.

Mais tarde, o rapaz de 25 anos teve uma nova chance. Ao ficar sabendo da construção de um mosteiro, Camilo foi trabalhar como pedreiro, junto com os frades. A convivência, dessa forma, começou a tocar Camilo de modo que logo teve uma visão.

Uma nova chance

Ninguém sabe o que Camilo viu em sua visão, mas o que se sabe é que, depois dela, o jovem dedicou seus últimos 7 anos de vida a ajudar os enfermos.

Publicidade

Publicidade

Novamente, Camilo foi à Ordem Franciscana, pois queria ingressar nela. Os franciscanos, então, conseguiram que o rapaz fosse internado por lá e, desta vez, tratou de sua ferida e também ajudou os outros doentes, com muito amor, e estes eram convertidos. Inclusive, Camilo levou muitos doentes ao arrependimento e à confissão.

Com os testemunhos, muitas pessoas o procuravam. Em 1591, o Vaticano aprovou a congregação dos Camilianos, a pedido de Camilo e São Filipe Neri.

Camilo faleceu em 14 de julho de 1614.

Oração a São Camilo

Senhor, Deus de toda a consolação, Pai rico em misericórdia, vós sois amor. Conheceis nossas necessidades e estais presente em nossos sofrimentos. Escolhestes São Camilo para cuidar dos doentes e ensinar como servi-los. Pedimos, por vossa intercessão, o dom da caridade que ilumina, fortalece e leva à plenitude a nossa vida para amar-vos também em ossos sofrimentos e servir-vos com amor em nossos irmãos e irmãs doentes. Amém. São Camilo de Léllis, rogai por nós.”

Elouise Lopes
Redatora da WebGo Content. Graduanda em Comunicação Organizacional na UTFPR, com experiência na área de Gestão de Pessoas e Marketing Digital.

Participe dos nossos grupos

TelegramCanal Telegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookPágina do Facebook

Curta nossa Página e receba nossas dicas

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.