15 Nomes ingleses femininos e seus significados para batizar sua filha

Se você chegou até este texto, é muito provável que você não está lendo apenas por curiosidade. Você deve estar à procura de nomes para colocar na sua menina que está prestes a chegar neste mundo.

É muito comum que dúvidas surjam ao longo da gravidez sobre qual o nome que vai combinar com a futura princesinha. E quando o assunto é princesinha, nada melhor do que irmos até a Inglaterra para verificar quais os nomes mais utilizados, os mais conhecidos e até mesmo aqueles que melhores descrevem uma personalidade.

Abaixo listamos 15 nomes que vão fazer você pensar e acabar ajudando na sua escolha:

1 – Victória

Significado – “Vitória”, “Vencedora”, “Aquela que vence”.

Origem – Tornou-se popular nos países de língua inglesa a partir do reinado da Rainha Victória do Reino Unido e deu nome a muitas outras rainhas e nobreza europeia, principalmente de países com origem britânica.

Variações do nome: Vitória

2 – Luana

Significado – “Reluzente”, “Combatente gloriosa cheia de graça”, “Guerreira famosa e graciosa”, “Calma”, “Relaxada”, “Descansada”.

Origem – O nome Luana tem três possibilidades de origem, porém na origem inglesa, é uma junção entre Lou (de Louise ou Louis) e Anna.

Variações do nome: Lunna, Luna, Louana, Louanna.

3 – Chelsea

Significado – “Porto de Giz”, “Cais de Giz”, “Que nasceu perto de um porto”, “Guardador de Objetos”.

Origem – O nome Chelsea foi originado a partir do inglês antigo. Começou a ser mais utilizado a partir da metade do século XX. Chelsea e é um nome unisex. Acredita-se que o uso deste nome está associado à música “Chelsea Morning” de Joni Michael.

Variações do nome: Chelsy.

4 – Megan

Significado – “Pequena pérola”, “Criatura de Luz”.

Origem – Sendo diminutivo do nome galês Margaret, surgiu também através do nome Margarida, e passou a ser bem mais utilizado pelos países de língua inglesa por volta do século XX.

Variações do nome: Meghan.

5 – Zoe

Significado – “Vida”.

Origem – Este nome vem tornando-se popular na Inglaterra, embora sua origem seja grega e seja uma tradução do hebraico do nome de Eva.

Variações do nome: Zoé.

6 – Emily

Significado – “Aquela que fala de modo agradável”, “Que gosta de fazer elogios”.

Origem – Versão inglesa do nome Emília, sua origem estaria relacionada a mitologia grega. Este nome é muito popular nos países de língua anglo-saxônicas.

Variações do nome: Emily, Emili, Emília, Emilie, Emilly, Emelly, Emelie.

7 – Diana

Significado – “Divina”, “Aquela que ilumina”.

Origem – Utilizado como nome próprio desde o Renascimento, têm-se registro de seu uso desde o século XVI. Sua origem vem do latim do termo dius, que quer dizer Divina.

Variações do nome: Daiana, Daiane, Dayane, Diane.

8 – Katherine

Significado – “Pura”, “Casta”.

Origem – Variação inglesa para o nome Catarina tem origem grega da palavra Kathará. Comum na Inglaterra desde o século XII, o nome Katherine possui diversas variações desde a idade média.

Variações do nome: Catarina, Katrhyn, Katrina, Catalina, Cátia, Karina.

9 – Vanessa

Significado – “Como uma borboleta”.

Origem – Teve sua criação na obra “Cadenus e Vanessa” do escritor Irlandês Jonathan Swift (1726). Este nome trata-se de um anagrama do nome da sua amiga Esther Vanhomrigh. O autor juntou Van (do sobrenome) e essa que é abreviação de Esther. Cerca de 100 anos depois, o nome passou a designar um gênero de borboletas.

Variações do nome: Wanessa.

10 – Jasmine

Significado – “Jasmim”.

Origem – Derivado do nome persa Yasmin, uma flor muito cheirosa, o nome Jasmine surgiu na Inglaterra no final do século XIX. O nome também ficou famoso através do filme Aladdin, com a princesa Jasmine.

Variações do nome: Yasmin, Jasmin.

11 – Kimberly

Significado – “Que pertence à realeza”.

Origem –  Embora seu nome seja de origem inglesa, ele surgiu provavelmente na África do Sul, da cidade Kimberley. Essa cidade recebeu este nome devido a um nobre inglês que possuía um título Earl of Kimberley (que equivalia a um conde).

Variações do nome: Sem sugestão.

12 – Ashley

Significado – “Árvore de cinzas”.

Origem – De origem muito antiga na Inglaterra, inicialmente seu nome era dado para dizer que a pessoa era nascida no local com esta denominação. O nome atualmente pode ser unisex, embora tenha maior incidência nas meninas.

Variações do nome: Sem sugestão.

13 – Hannah

Significado – “Favor”, “Graça”, “Mulher Graciosa”.

Origem – Apesar de origem hebraica, o nome tornou-se popular na língua inglesa através da Reforma Protestante. Nas passagens bíblicas do livro de Samuel, Hannah era um dos nomes mais citados.

Variações do nome: Ana, Ane, Anna, Anne.

14 – Ellie

Significado – “Luz”.

Origem – Na mitologia grega, Ellie é a deusa da velhice. Este nome é também um diminutivo de Eleanor, Elizabeth e Ellen.

Variações do nome: Eli, Helena, Elena.

15 – Charlotte

Significado – “Mulher do Povo”, “Pequena e delicadíssima”.

Origem – Embora sua origem seja francesa e germânica, o nome Charlotte é um dos mais populares da Inglaterra.

Variações do nome: Carlota, Karla, Carla.

Popularidade dos nomes no Brasil

Dos nomes apresentados neste artigo, a maioria deles possui pouco uso no nosso país. Caso você queira conferir a popularidade de cada um deles, acesse a ferramenta que o IBGE disponibiliza.

Podemos adiantar que os mais conhecidos por aqui são Vanessa, Luana e Diana. Agora se você quer ser diferente, e tornar sua filha única, opte por: Chelsea, Megan ou Ellie.

Quem são as famosas que possuem algum destes nomes ingleses

Fizemos uma pequena seleção:

  • Victória Beckham – spice girls e esposa de David Beckham;
  • Luana Piovanni – atriz;
  • Megan Fox – atriz;
  • Katherine Schwarzenegger – atriz e escritora;
  • Vanessa da Mata – cantora;
  • Kimberly Noel Kardashian West – conhecida como Kim Kardashian – empresária, socialite e estilista;
  • Ashley Graham – modelo plus size;
  • Hannah Montana – interpretada por Milley Cyrus;
  • Princesa Charlotte – filha do príncipe Willian e Kate Middleton.
NOME INGLESES

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e pós-graduanda em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.